Como as cores têm influência na experiência do usuário?

Conheça os efeitos físicos, emocionais e psicológicos das cores na Web.

As cores dão identidade, expressividade e personalidade a tudo. Elas são importantes em todos os aspectos da nossa vida — e por que não no âmbito digital?

Vamos ver as cores e o comportamento humano em relação a elas em nível psicológico, físico e emocional. E como essa influência está diretamente ligada à experiência de navegação.

 

Efeitos psicológicos da cor

A cor pode aumentar a memorização, recordação e reconhecimento. Em projetos interativos, a cor pode sugerir categorias e dão identidade aos pedaços de informação. Isso pode criar um design que é mais eficiente, mais claro e fácil de entender, logo a navegação será mais positiva e a experiência também.

 

Os efeitos fisiológicos da cor

As cores afetam nosso sistema nervoso. Os estudos mostram que vermelhos brilhantes estimulam o sistema nervoso simpático, o que resulta em alterações fisiológicas tais como um aumento do ritmo cardíaco. Em contraste, tons suaves de azuis e verdes criam o efeito fisiológico oposto e nos ajudar a relaxar.

 

Efeitos emocionais da cor

As cores e os significados que atribuímos quando já passaram pelo psicológico e pelo fisiológico, afetam nossas emoções e o nosso humor. Por exemplo, a maioria das pessoas associa a cor amarela com felicidade e energia. Em termos individuais, uma pessoa poderia associar a cor amarela com a cor de sua casa durante a infância, que invoca lembranças e sentimentos agradáveis.

 

Contexto cultural da cor

Lembre-se que o significado é culturalmente construído. Sensibilidade ao contexto cultural da cor dentro do seu grupo de usuários é importante. Por exemplo: em muitas culturas ocidentais, o preto representa a morte. Em algumas culturas orientais, o branco representa a morte.

E mesmo dentro do nosso país, por exemplo: não vá para o Rio Grande do Sul desenhar um site azul para torcedores do Internacional pois o azul remete automaticamente a seu time rival, o Grêmio. E por aí vai.

Abaixo tem um guia rápido para cor e significado a partir de uma perspectiva cultural americana. Vamos rever as potencialidades das cores, agora com uma perspectiva de experiência de usuário. A cor como sua aliada na hora de desenhar essa UX.

 

Vermelho

- Aumenta as taxas de pressão arterial, coração e respiração;

- Aumenta temporariamente a força e resistência;

- Representa vitalidade, ambição e paixão;

- Pode afastar os pensamentos negativos;

- Associada com a raiva, perigo, endividamento e irritabilidade.

 

Rosa

- Induz sensações de relaxamento, tranquilidade, carinho e proteção;

- Reduz os sentimentos de agressividade e irritação;

- Associado com carinho, altruísta, generosidade e amor;

- Rosa claro é associado com a feminilidade, enquanto tons mais ousados ​​e mais quentes sugerem energia, jovialidade e diversão.

 

Laranja

- Estimula o sistema digestivo e imunológico;

- Associado com a energia e vitalidade;

- Audiências mais jovens respondem com laranjas fortes, enquanto o público mais velho e de alto nível, respondem positivamente aos tons mais suaves;

- Afeta positivamente o humor e é uma cor considerada antidepressiva.

 

Amarelo

- Estimula o cérebro, criando agilidade e energia;

- Ativa o sistema linfático;

- É uma cor alegre, otimista, confiante e edificante;

- Associada com o intelecto, organização, discernimento, memória, clareza, tomada de decisão e bom senso.

 

Verde

- Traz equilíbrio, relaxamento e sentimentos de conforto;

- Nos ajuda a respirar com profundidade e mais lento;

- Sugere natureza, paz e bem-estar;

- Tons escuros sugerem riqueza;

- Representa a proteção em ambientes;

- Tonalidade verde, como o verde oliva, pode representar doença e náuseas.

 

Azul

- Reduz a pressão arterial, tem um efeito refrescante e calmante;

- Azul escuro regula os padrões de sono, e está associado com a calma;

- Inspira controle mental, clareza e criatividade.

 

Roxo

- Violeta sugere purificação, limpeza, paz e equilíbrio;

- Estimula a compaixão, intuição e imaginação;

- Associado com o lado direito do cérebro;

- Refere-se a sensibilidade, beleza e idealismo;

- Associada com a realeza e nobreza.

 

Marrom

- Sugere terra, casa e lar, estabilidade e segurança;

- Também pode sugerir sujeira ou retiro e isolamento do mundo.

 

Preto

- Reconfortante e protetor;

- Misterioso, sugere o silêncio e a morte;

- Também pode ser considerado elegante e sofisticado.

 

Branco

- Pureza, clareza, paz e conforto;

- Sugere liberdade, embora muito pode ser considerado frio e solitário.

 

Cinza

- Sugere independência e autossuficiência;

- Pode ser uma cor negativa, sugerindo a evasão, inconsequência, separação, falta de envolvimento e solidão.

 

Lembre-se que, a experiência do usuário é muito afetiva. A cor transmite, desde os primórdios, uma das primeiras sensações emocionais que a pessoa tem, desde o momento que abre os olhos na maternidade. É ali que começa a sua indexação cognitiva de mundo.

É importante ressaltar que esses efeitos vêm embalados em contextos culturais. Isso significa que a reação que a cor provoca em nós pode mudar dependendo da cultura ou culturas em que fomos criados.

Gostou do conteúdo? Então, bora aplicar tudo o que você aprendeu, não só na criação de um site, mas na personalização dos seus materiais gráficos também!

 

Referência: Site UX Collective - https://brasil.uxdesign.cc/as-cores-na-experi%C3%AAncia-do-usu%C3%A1rio-55f5aea4e229

Receba promoções e novidades!!
Para sua maior segurança, atualizamos Politicas de Privacidade e Termos de Uso do site. Ao continuar navegando nele, entendemos que você está ciente e de acordo com elas.
Li e aceito as Politicas de Privacidade.